Existem trabalhos que possuem um certo grau de dificuldade para ser executado e até mesmo para ser idealizado. Mudar a característica de um móvel que foi projetado para um tipo de uso e deixá-lo pronto para ser usado de uma outra forma, foi um grande desafio, mas nesse ramo em que trabalhamos somos movidos por desafios, topei mais esse e você vai ver como ficou o resultado desse trabalho.



Aproveite e siga o Instagam Edem marceneiro e curta a página Edem Marceneiro no Facebook.


O armário como era antes

A estante existente no cômodo era de boa qualidade, feita com boas madeiras e a cliente não queria se desfazer de algo que não estava ruim. Imagino que esse cômodo fosse uma biblioteca antes de ser transformado em um quarto, devido a quantidade de prateleiras que foram retiradas e a profundidade desta estante. Veja como era essa estante antes da mudança que fizemos:


A estante tinha prateleiras no meio, portas nas laterais e na parte de baixo, que eu retirei para que a estante recebesse pintura na sua parte interna, feita pelos pintores da obra.



O armário depois da transformação

Depois de tudo isso, foi o momento de entrar com as peças que iriam compor e dar uma nova cara a estante, transformando-a em um guarda-roupas com portas de correr. Tivemos que mudar a profundidade, para que  as roupas não ficassem apertadas no interior do armário.


Fizemos frisos nas portas que instalamos, tanto na porta que foi instalada com dobradiças de pressão(a porta do canto esquerdo) como nas portas de correr. O sistema usado nessas portas foi o CD50 CX da Ducasse, é um sistema que trabalha apoiado na base e que possui freios. Para evitar os empenos, usamos desempenadores nas portas.



Uma parte da estante permaneceu aberta justamente para ser um local para por livros, porta-retratos e outras coisas. Desse espaço aberto até a porta de entrada do quarto, colocamos uma bancada para estudos.


Instalamos gavetas na parte esquerda do armário, um total de oito gavetas. Cavas em meia-lua fazem o papel do puxador e em uma das gavetas colocamos uma fechadura.


As gavetas foram instaladas com corrediças telescópicas, ferragens que permitem a extração total das gavetas.




Colocamos tubo cabideiro nos dois lados do armário, deixando um espaço considerável para a organização dos cabides.




A porta esquerda foi colocada com dobradiças de pressão, como já tinha dito anteriormente, os cabideiros ficaram em níveis diferentes para uso de roupas curtas e longas, e os puxadores foram comprados pela cliente.
Todo o serviço foi feito em MDF laminado branco texturizado.


O mais legal de um trabalho assim é ver como ficou o resultado depois. É muito bacana ver que deu certo, ver que o que foi pedido pela cliente foi realizado. Fiquei muito satisfeito com o resultado final do serviço.

E você, o que achou de toda essa transformação? Gostou? Deixe o seu comentário, gostaria de saber a sua opinião sobre este trabalho!

Edem de Souza

Edem de Souza começou no ramo moveleiro com seus 16 anos, tendo as primeiras noções com o seu pai. Anos depois, seguiu sozinho no ramo e hoje tem a sua marcenaria. Situado em Paracambi-RJ, atende a vários clientes no estado do Rio de Janeiro, incluindo vários arquitetos. Criou e mantém este blog, que tem feito com que ele seja mais conhecido e o seu trabalho reconhecido.

Escreva seu Comentário:

6 comentários:

  1. Uauuuuuuuuuuuu
    Ficou incrivel!
    Estou com um problema parecido aqui em casa, e nao encontro marceneiro que queira fazer esse tipo de serviço!
    Obrigada pelo post!
    Voce fez um otimo trabalho
    Etienne Nunes

    ResponderExcluir
  2. Paula, seu armário ficou lindo!! Ótimo trabalho, Edem! Parabéns!

    Tamyres

    ResponderExcluir
  3. Adorei seu trabalho!!!!! Inclusive pretendia fazer essa transformação no meu armário!!! A ideia foi ótima!!!!!

    ResponderExcluir



Gostou desta postagem?
Faça seu comentário sobre o que acabou de ler e ver.
Caso queira tirar alguma dúvida ou entrar em contato para orçamentos, utilize o Formulário de Contato.
Obrigado.