Edem Marceneiro: MDP - Informações

MDP - Informações

4

Esse material que vou falar nesta postagem, está sendo muito utilizado pelas indústrias de móveis espalhadas pelo brasil e pelo mundo. Hoje é muito comum ver nas lojas, móveis feitos com esse material. Mas você conhece o MDP? É bom conhecer, para que em uma eventual compra, saiba o que está levando para casa.



Aproveite e siga o @Edemmarceneiro no Twitter e Curta a página Edem Marceneiro no Facebook.


Sobre o MDP

O MDP é um Painel de Partículas de Média Densidade. Essas pequenas partículas de madeira, são aglutinadas e entrelaçadas com resinas especiais de última geração, isso ajuda na estabilidade dimensional do painel e o deixa com grande resistência à empenos.

Suas Utilizações

Como ele é constituído de pedaços de madeira, não se aconselha fazer detalhes em baixo relevo, entalhes ou cantos arredondados. Recomenda-se o seu uso em portas retas, laterais de armários, frentes de gavetas, laterais de gaveta, prateleiras, divisórias, tampos retos e bases.

MDP com revestimento


Móveis com MDP

O baixo custo deste painel o faz ser um dos mais utilizados em todo mundo. Isso se dá pelo fato de se usar partículas de madeira reflorestada ao invés de fibras, como é o MDF. Desta forma, há um maior aproveitamento da madeira, diminuindo assim o seu custo. Por este motivo, os móveis feitos com o MDP pelas grandes fábricas, ficam mais baratos em relação aos outros móveis feitos com outros materiais.

Minha opinião

A minha primeira impressão quando vi este material no estoque de uma loja, foi de um material que eu já conhecia. Se você olhar a parte interna do MDP, vai perceber uma semelhança muito grande com o já conhecido aglomerado, justamente porque os dois são feitos com partículas de madeira, mas há diferenças e elas podem ser notadas.

    MDP                                Aglomerado

Acredito que a qualidade do MDP seja bem superior à do aglomerado em vários aspectos, o que explica o seu uso em grande escala pelas indústrias de móveis.
 
Leia também estas outras postagens que possuem informações sobre outros tipos de materias:
 

Eu ainda não utilizo o MDP em meus trabalhos, mas pode ser que eu venha a utilizar. E isso vai acontecer quando eu constatar a qualidade deste material e ter certeza de que ele não vai comprometer a qualidade dos meus serviços.

Espero que essas informações tenha te ajudado a conhecer um pouco sobre o MDP. Mas e aí, você já o conhecia ou apenas tinha ouvido falar sobre ele?




Edem de SouzaParacambi, RJ Edem de Souza
Blog | Facebook | Twitter | Google + | Instagram
Edem de Souza começou no ramo moveleiro com seus 16 anos, tendo as primeiras noções com o seu pai. Anos depois, seguiu sozinho no ramo e hoje tem a sua marcenaria, atende a vários clientes no Rio de Janeiro, incluindo vários arquitetos. Criou e mantém este blog, que tem feito com que ele seja mais conhecido e o seu trabalho reconhecido.

Receba minhas postagens em seu e-mail!

Siga o @Edemmarceneiro no Twitter!

4 comentários:

  1. Vc já viu armários de quarto, com somente as portas de correr de pvc? uma lojinha de fábrica aqui perto de casa, vi um, estranhei qdo abri, pois é muito leve, é igual as portas sanfonadas, mas é uma placa inteira. O que vc acha desse tipo de material pra quarto?
    cacaupocket@gmail.com

    ResponderExcluir
  2. Carla,

    Precisa saber se esta porta tem qualidade, se não vai empenar, deformar e etc.. Saber também se o sistema de correr é bom. Outra coisa que precisa ser analisada é a questão da estética, se o armário fica bonito com estas portas.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Usamos o MDP devido a ter maior resistência a empenamentos que o MDF, e revestido não há diferença estética entre ele e o mdf.
    Abs!

    ResponderExcluir
  4. Olá, Lara.

    Obrigado pelo comentário, com certeza vai ajudar muitas pessoas com essas informações.

    ResponderExcluir



Gostou desta postagem?
Faça seu comentário sobre o que acabou de ler e ver.
Se quiser tirar alguma dúvida ou entrar em contato, utilize o Formulário de Contato.
Obrigado.